segunda-feira, 21 de julho de 2014

Sarau Solidões Coletivas de Valença/RJ com Movimento Lírico Frenético em São Gonçalo/RJ!


Quem viu o blog sem atualização há 2 dias pode ter pensado que o blogueiro eu vos fala estava meio ocioso durante esse período. Grande engano, amigos leitores: é que o Sarau Solidões Coletivas nunca teve uma agenda cultural tão frenética, tanto que até me senti meio líricorockstar rs, afinal foram duas apresentações fodásticas em dois eventos super-fodásticos no mesmo dia! Eu representei o Sarau Solidões Coletivas em 2 eventos que rolaram em São Gonçalo/RJ no sábado, dia 19 de julho, e sempre muito bem acompanhado de mais-que-fodásticos artistamigos: acompanhado do músico artistamigo Xarles Xavier, na edição de julho do Evento Identidade Cultural & Movimento Culturista, organizado pela mais-que-fodástica Janaína da Cunha (que também fez um dueto poético comigo e tornou as Solidões Coletivas ainda mais maravilhosamente Coletivas) no Restaurante Sintonia Fina, e, acompanhados do super-punk-rock da banda Inércia, Janaína da Cunha e eu prestamos uma homenagem lírica à banda Bad Religion na edição de julho do Rock na Garagem, organizado pelo Feira Moderna Zine.

Foram 2 momentos fodásticos (haja repetição da palavra ‘fodástico’ pra uma postagem só, mas não podia ser diferente: os eventos foram intensos demais, amigos leitores!), registrados em vídeos que vocês podem assistir logo abaixo, incluindo a descrição detalhada de cada um.
O blog pareceu estacionado neste período, msa, como diria Paulo Miklos, fui “ser feliz e já volto”; o Sarau Solidões Coletivas está mais coletivo e mais frenético que nunca! Yeah, a poesia segue seu louco e lúcido movimento, amigos leitores! Arte Sempre!

Do Carpe Diem, Entre Canções de Outono Até Só por Hoje ao vivo no Evento Identidade Cultural & Movimento Culturista, Edição de Julho


Restaurante Sintonia Fina, São Gonçalo/RJ, dia 19 de julho de 2014 - Acompanhado do fodástico músico e compositor Xarles Xavier, Carlos Brunno S. Barbosa representou o Sarau Solidões Coletivas, de Valença/RJ, na edição de julho do Identidade Cultural & Movimento Culturista, organizado pela mais-que-fodástica poetamiga Janaína da Cunha. No vídeo, vemos Carlos Brunno declamando os poemas "Carpe Diem", da ex-poetaluna da E. M. Alcino Francisco da Silva Alana Gomes, "O último adeus (ou o primeiro pra sempre)", de sua autoria e "Memórias do abril despedaçado" em parceria com "Só por hoje", de Janaína da Cunha (este dueto poético está fragmentado no vídeo, por problemas na filmagem). Intercalando os poemas, Xarles Xavier apresentou "Canções de Outono" e uma canção em homenagem ao bairro Estrela do Norte, onde estávamos.  

Sobversão Punk Rock Poética em Tributo à banda Bad Religion com Carlos Brunno, Janaína da Cunha e banda Inércia no Rock na Garagem



Metallica Pub, São Gonçalo/RJ, dia 19 de julho de 2014 - Acompanhados da banda Inércia, Carlos Brunno e Janaína da Cunha, representando, respectivamente, o Sarau Solidões Coletivas, de Valença/RJ, e o Evento Identidade Cultural & Movimento Culturista, apresentaram uma subversão punk rock poética, em tributo ao Bad Religion, durante a edição de julho do Rock na Garagem. A declamação rolou ao som punk de "Dream of Unity", da banda Bad Religion. Curiosidade: o momento punk-rock-poético marcou o retorno de Janaína da Cunha ao Metallica Pub (há 2 anos que ela não se apresentava nesse fodástico espaço lírico-underground de São Gonçalo).

Um comentário: