sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Solidões compartilhadas: O sol no coração de Karina Silva

Hoje compartilho mais uma vez minhas solidões poéticas com a poetamiga valenciana Karina Silva. Desta vez, Karina nos oferece um sol de esperança, bem apropriado para esses dias radiantes de fim de inverno. 
É momento de bronzearmos nossos olhos nesse Novo Sol de Karina Silva, amigos leitores!


Sol no coração

Um deslumbrante sol arrasta meu coração
Sob um céu de azul perfeito
Meu coração vai desenhando
Pequenos traços de sonhos
Com sombreados de emoção
Debaixo da minha pele
Sinto o batimento quente do coração
Queimando nas chamas do sol
Meu coração está aquecido
No calor de um novo Sol
O amanhã chegará
E por este caminho a luz do sol teima em brilhar

2 comentários:

  1. Que venham novos sóis! Bela poesia mesmo Juliana. Divido o poema em tres vetores: externo, interno e externo. O primeiro movimento vai em direção a emoção interna, penetra pele adentro e depois emerge num novo amanhã.

    ResponderExcluir