quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Os fantasmas da falta de futuro no fanatismo do Futurismo

Este curta-metragem do Luz, Câmera...Alcino!, grupo teatral da E. M. Alcino Francisco da Silva, da região rural de Teresópolis/RJ,  discute os avanços e perigos da influência do movimento literário futurista em nossa poesia e em nossas vidas. O vídeo, produzido na mesma sexta da loucura consumista batizada de “Black Friday”, foi inspirado em poemas de Lorraine Lopes (que, além disso, atua no filme), Rafaela Sampaio e de Stefanny do Amaral, escritos durante a aula interdisciplinar, idealizada pelo Prof. Daniel Coelho, sobre as influências do avanço industrial na vida e na arte (em Português, trabalhei o Futurismo, movimento literário europeu de vanguarda que influenciou o surgimento do Movimento Modernista no Brasil).
O curta teve direção geral e edição do professor-poeta-pateta que vos fala, roteiro elaborado coletivamente, atuação, direção artística  e filmagem de Gioliana Reis e contém, na trilha sonora, 2 canções do grupo estadunidense Linkmindz("Were All Connected" e "Not Earth"), encontrados no site musical soundcloud.
Além de Lorraine e Gioliana, o elenco conta com Cassiano Ricardo como protagonista e a participação de João Paulo Oliveira Rayssa Fernandes, Josué Carvalho, Maiara Viceli, Bruno Portela, Edi Lopes da Silva Jr. e Ingrid Charles.
Abaixo, além do curta-metragem, posto os 3 poemas citados no vídeo. Boa leitura dos poemas e imagens e Arte Sempre, amigos leitores!

Quero

Quero cada dia mais
Quero um celular
Aquele celular
Quero uma internet
Uma internet rápida
Quero ir pra casa
Me deitar e sonhar
Sonhar com um mundo evoluído
Um mundo com algo novo a cada dia
Quero novas máquinas
Quero um mundo avançado com tecnologia
Quero mais eletricidade
Quero mais rapidez
Quero mais diversão!
Lorraine Lopes



Futurismo

Quero mais sempre mais
Quero uma internet rápida
Quero muitos megabytes
Quero o meu celular
Quero outros celulares
Quero mais evolução
E não tô nem aí pra sua opinião

Quero mais tecnologia
Quero máquinas novas todo dia
Quero os computadores da última geração
Quero os gênios da computação
Quero os carros mais velozes
Quero as motos mais potentes
Quero chegar mais longe
Quero ir além muito além
Quero máquinas surpreendentes
Que sejam capazes até de curar doentes
Quero curar a nossa nação
Quero mais muito mais evolução
Quero mais lucro
Quero mais dinheiro e não importa
Se pra isso tenho que trabalhar o dia inteiro
Se preciso trabalhar até em um abismo
Isso, meu amigo,
Isso é o Futurismo.
Rafaela Sampaio



Futurismo

O que é futurismo?
Velocidade, máquina, tecnologia, etc...
E o amor?
Onde vai todo o amor no futurismo?
Os poemas perdem a graça sem o amor!

O futurismo por um lado é bom,
Mas por outro é horrível: eles apóiam a guerra,
Assassinando várias coisas,
Eles acabam com os sentimentos.

De que isso vale?
Para que tantas mortes?
Não, não quero isso!
Futurismo até que é legal,
Mas na minha eu não quero!
Stefanny Amaral


Curta-metragem do Luz, Câmera...Alcino!: Os fantasmas da falta de futuro no fanatismo do Futurismo


Um comentário: