terça-feira, 27 de maio de 2014

Cem Poemetos de Solidão: Poemeto XXXVII

XXXVII

Os melhores filmes que inventei foram os que os outros inventaram pra mim. Nada melhor que ver na câmera dos outros as imagens que jamais fui capaz de inventar pra mim.


Nenhum comentário:

Postar um comentário