sexta-feira, 25 de maio de 2012

Aos que procuram novas notícias

Quadro do pintor cabo-verdeano
Miranda Brito
Confesso que hoje tive um dia bastante cansativo (em breve, postarei algo sobre bancos, departamento de defesa pública e como nos sentimos Gregor Samsa metamorfoseado de barata diante de tais instituições), mas, lendo os textos de meus alunos, minhas dores de cabeça passaram (pelo menos, até o próximo murro de realidade que, eu sei, estou prestes a levar). Por isso, posto hoje apenas uma pequena prosa poética de esperança por dias melhores, mais poéticos e menos ignorantes:




Aos que procuram novas notícias


Queria trazer-lhes novas notícias, mas nada mudou desde que pisei nesta terra árida pela primeira vez.
Não tenho motivos para novas emoções...
Ainda sou o mesmo e nem por isso sou infeliz, pois sei rir dos absurdos cotidianos e tenho a melodia silenciosa da poesia em mim!



Um comentário: