sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Cem Poemetos de Solidão: Poemeto XC

XC

Ah, enfermeira linda, se lhe causa pena a minha senilidade inventada, por que não contribui com minha fantasia fantástica e me cura com sua juventude assanhada? Ai, a salvação de minha vida: eu tão velhinho voltar a ter trinta e, safada fantasia, voltar a fazer amor com uma menina.




Nenhum comentário:

Postar um comentário