segunda-feira, 21 de abril de 2014

Cem Poemetos de Solidão: Poemeto I

I

Com a imaginação, reescrevi a Colômbia. Ah, tristeza fantástica: o jornal e a ausência de magia dos homens negaram a minha jornada literária...


Nenhum comentário:

Postar um comentário