segunda-feira, 7 de março de 2016

Leia Esta Canção: Indo o Reggae Rasta ao Headbang com Chá de Cheshire

Depois de um breve sumiço devido a ocupações profissionais, preparação do meu próximo novo livro e visita/cuidados com familiares e próximos doentes, pra aliviar o período tenso, compartilho minhas solidões poéticas com o multiartistamigo valenciano Jorran Souza (que já esteve aqui, estreando sua carreira musical solo, com a balada "Campos de bromélias" no seguinte link do blog: http://diariosdesolidao.blogspot.com/2015/11/solidoes-musicais-compartilhadas.html) e seu novo fodástico projeto, a banda Chá de Cheshire.
Nessa postagem, trago a primeira canção que o artistamigo me apresentou, a psicodeclética “Vai do Reggae Rasta ao Headbang”, na qual o eu lírico da canção viaja entre os mais diversos ritmos. O ritmo lembra algo meio psicodélico-misturado como Skank nas fases “Maquinarama” e “Cosmotron”, apesar de o timbre de voz de Jorran nos lembrar Renato Russo; a salada musical e alguns elementos da letra (a mistura de ritmos com ingredientes do psicodelismo de 1960/70, a lembrança rural do ideal árcade ‘carpe diem’ ['aproveite a vida'] com banhos de cachoeira e contemplações da natureza) dão ares a um novo pop rock com raízes bem valencianas.
A postagem de hoje traz a letra da canção citada, composta por Jorran Souza, e o clipe da música, editado por Thiago Haru (Mangá Studio).
Banhemo-nos na viagem do reggae rasta ao headbang, sugerida pela fodástica canção do Chá de Cheshire, amigos leitores!

Vai do Reggae Rasta ao Headbang

O Rock Reggae Music Vai Tocar Meu Bem
Vai do Reggae Rasta ao Headbang
No Embalo Desse Vai e Vem
Deixa Eu Te Levar Também (Também)

O Rock Reggae Music Vai Tocar Meu Bem
Vai do Reggae Rasta ao Headbang
No Embalo Desse Vai e Vem
Deixa Eu Te Levar Também

Me Baseei Nos Dreads do Cabelo Dela
No Estilo Caiçara Dela Que Me Leva
No Embaraço Das Minhas Cantadas Nela
Que Me Entrega Que Me Entrega

Me Baseei No Black do Cabelo Dela
No Estilo Afro Reggae Dela Que Me Leva
No Embaraço Das Minhas Cantas Nela
Que Me Entrega Que Me Entrega

Vai (Vai) Se Banhar na Cachoeira
Vai (Vai) Deixa a Chama Interna Acesa
E a Noite Acender Uma Fogueira
E Contemplar a Natureza (E Contemplar a Natureza)

Hoje Eu Só Quero Relaxar
A Noite Vai Acabar
Mas Tudo Eu Estou Bem
Na Sua Cabana Vamos Ficar

Hoje ao Meu Lado é o Seu Lugar
A Noite Inteira Vendo o Luar
Que Linda Sua Forma
Nua Na Luz da Lua

Vai Me Abraçar Vai Me Beijar
Temos Que Comemorar
A Liberdade Das Amarras
A Vida Linda Viva a Natureza

Nenhum comentário:

Postar um comentário