segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Clube do Livro Alcino Voraz: A terceira reunião: Escritores-Leitores Vorazes trazem a Esperança Voraz

Yeah, amigos, hoje posto a continuação dos poemas vorazes, escritos pelos poetalunos e pelo poeta-professor-pateta que vos fala, todos nós do Clube do Livro Alcino Voraz, projeto de grupos de leitura realizado na Escola Municipal Alcino Francisco da Silva. E, desta vez, trago os poemas inspirados na primeira metade do livro “Jogos Vorazes – A Esperança” e no filme “Jogos Vorazes – A Esperança Parte 1”.
No dia 17/11, dois dias após a “Proclamação da República”, retornamos ao Clube do Livro Alcino Voraz - com cada vez mais escritores-alunos-leitores-vorazes! - e promovemos, na E. M. Alcino Francisco da Silva, a terceira reunião do grupo.
Partindo da ideia do Círculo do Livro Alcino, iniciada e idealizada no ano passado pelas poetalunas Ana Gabriela Medeiros e Laís Martins, e livremente inspirado no conhecido Clube Literário Palavras ao Vento, de Valença/RJ, organizado por Pit Larah e Cia, o Clube do Livro Alcino Voraz tem como principais objetivos: estimular a leitura reflexiva, compartilhar e debater experiências de leitura, estabelecer leituras comparativas entre as diversas linguagens literárias (visão comparativa de livros e versões cinematográficas) e fazer a releitura de obras literárias através da produção textual (construir novos poemas, contos e crônicas inspirados no conteúdo do livro debatido).
Feito no contraturno das aulas, a terceira reunião contemplou como livro-tema a metade do terceiro romance da trilogia “Jogos Vorazes”, da escritora estadunidense Suzane Collins. Foi realizado o debate do livro “A Esperança”, relembrando as relações históricas que envolvem a obra (regimes totalitários, fatos históricos e pessoais que estimularam a escritora na construção do romance, comparações com o nazismo, fascismo e colonialismo, indústria do entretenimento [de reality shows e programas de MMAs], a percepção da guerra fria e a relação entre socialismoxcapitalismo com o confronto Distrito 13 x Capital implícito nos capítulos deste terceiro livro da trilogia, a exibição da versão cinematográfica da primeira parte do livro ("Jogos Vorazes - A Esperança Parte 1") e a produção de poemas e contos inspirados na obra. Ainda neste mês de novembro, devido ao aumento expressivo de participantes e seguindo a votação e sugestão dos novos e antigos artistalunos do Clube, realizamos uma Sessão Especial"Reprises Vorazes" nos dias 24 e 25 deste mês de novembro, para que os novos integrantes pudessem ver as versões cinematográficas assistidos nas 3 reuniões (os poemas do grupo desses 2 encontros aparecerão em breve no blog).
As fotos foram tiradas no dia 25/11(no dia do encontro, como sempre, não deu tempo de fotografarmos devido a produção textual e nos dias seguintes não foi possível devido ao calendário frenético de provas nesse período) trazem o grupo que participou da terceira reunião (faltandoos artistalunos-vorazes Rian Lopes, Taynara Silva - que saiu mais cedo - e Paulo Ricardo, que, infelizmente, não foi à aula, pois tinha consulta médica marcada no dia). Os créditos das fotos são dos fotográfos-alunos Matheus dos Santos, Gisleny Almeida e Mayane Tavares. Lembrando também que a entrada e participação no Clube do Livro Alcino Voraz é livre/opcional (somos escritores-leitores vorazes e não autoritários como os governantes da Capital de Panem rs) e rende mais conhecimento e troca de experiência, sem barganhas de pontos extras.
Vida longa ao Clube do Livro Alcino Voraz – Educação, Alcino Teresópolis e Arte Sempre!




A Esperança vai chegar

Katniss sobrevive
Mas o Distrito 12 não existe mais...
A esperança vai chegar
Pra nunca mais acabar!

O presidente a Katniss
Quer matar
Para ela não tomar o seu lugar.

A vida é um jogo
Um jogo voraz...
Com a esperança podemos vencer
E o futuro a nós vai pertencer!

Peeta, o seu grande amor,
Pode machucá-la...
Será que ele vai crucificá-la?
Ou será que o amor dele vai voltar a procurá-la?
(Amanda Barboza, Patrícia Flores, Isabela Murta, Luana Gonçalves e Guttyellen Canto)

Guerra Voraz

A vida é um jogo
Um jogo voraz
Há uma guerra entre nós
Uma guerra voraz

Corrupção e morte
Morte voraz
Inveja e mentira
Mentira voraz
Tragédia e milícia
Tudo é voraz

Em chamas vivemos
Em meio a decepção
Mas seguimos em frente
Com a esperança no coração

A guerra é mais voraz
Que qualquer jogo
Principalmente a que fere o coração
Principalmente a que traz dor e decepção.
(Herbert Gabriel)

Voraz

Seus crânios rolam pelo chão
como se fossem simples rosas caindo no chão.
Mas, em toda lágrima de fogo,
há sempre uma esperança.

Mesmo com toda guerra, há sempre um amor
em cada soldado.
Mesmo com todo amor, também existe uma guerra
entre dois corações ardendo em fogo.

A vida é um jogo,
um jogo voraz,
batalhar sempre, vencer talvez,
desistir jamais!

O futuro é incerto, não se pode saber
quando vai acabar
ou quem irá vencer:
serei eu ou será você?
(Paulo Matheus, Marcos Vinicius Correa, Taynara Oliveira, Douglas Marques e Paulo Ricardo)

Torturados de saudades

Saudades de sua ironia e de seu beijo,
Saudades de acalmar seus medos
Saudades de descobrir seus gestos e desejos
Saudades de afagar seus cabelos em noites de pesadelos
Saudades de você e de seu arco e flecha,
Saudades, sou torturado por saudades suas,
Saudades, quantas saudades eu sinto da garota em chamas...
(João Paulo Oliveira, Ana Gabriela Medeiros e Stallone Oliveira)

Chuva de rosas contra o rosto em chamas

Hoje rosas brancas caem do céu,
como gotas de sangue,
glóbulos brancos como a neve,
investindo contra meu rosto rebelde,
insistindo em suas defesas,
expondo as minhas fraquezas.

A frieza com que o senhor tortura meu amor,
sua geleira de horror contra o meu peito fervendo em rancor,
é o monstro das neves contra a garota em chamas,
é o morto ditador contra a ressurreição da esperança.

Você pode me queimar outra vez,
mas eu sei queimar também
e muito melhor que você!

(Carlos Brunno S. Barbosa)




Nenhum comentário:

Postar um comentário