terça-feira, 9 de agosto de 2016

Do cavaco ao beat box: Declamando poemas com super-artistamigos na Feira Cultural São Pedro

É, amigos, sei que mais uma vez fiquei meio sumido – com o começo do recesso escolar, confesso: estava meio cansado e, por isso, andei mais off que on line -, mas aos poucos vou voltando e tirando o atraso nas postagens. A primeira postagem de hoje relembra um momento super-especial no final do mês de julho. A convite (mais uma vez) do mais-que-fodástico artistativistamigo Victor Santos da Silva,  no dia 30/07, à tarde até a noite, participei da Feira Cultural São Pedro, organizada por ele,no Espaço Cultural Ponto de Luz, localizado no Planet Soccer (Rua Fileuterpe, n.º 900), no bairro São Pedro, em Teresópolis/RJ.
O evento foi super-mega-hiper-especial, pois tive a oportunidade de fazer parcerias líricas inéditas com novos super-artistamigos: declamei acompanhado pelo cavaco (e, depois, violão) de Victor Aguiar; Victor Santos, Victor Aguiar e eu fizemos um tributo lírico-musical a Renato Russo; interpretei outros poemas acompanhado pelo violão de Wander do Cavaco e pelo surdo de Matheus de moraes Albino e ainda contei, depois, com a participação de Bruno Ferreira, conhecido artisticamente como Bruno Paz, no beat box enquanto eu declama "A revolta dos mortos vivos". Durante o evento,, nessas parcerias e às vezes solo,apresentei poemas dos livros "Bebendo Beatles & Silêncios", "O último adeus (ou O primeiro pra sempre)" e "Note or not ser". Alguns poemas foram declamados por mim ao vivo pela primeira vez, outros ganharam nova roupagem com o apoio musical dos meus novos artistamigos. A postagem de hoje traz o vídeo que registra esses grandes momentos.

Foi mais um evento inesquecível no Espaço Cultural Ponto de Luz - lugar lírico fodástico que já se tornou um dos meus recantos poéticos favoritos. Que venham outros grandes momentos como este!



Nenhum comentário:

Postar um comentário