quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Neste Dia das Crianças, leia e curta uma bela canção: A Flor mais linda do jardim sonoro de Xarles Xavier

Hoje, neste dia especial, quando comemoramos o Dia das Crianças e revemos nas crianças que brincam hoje a criança que continua brincando dentro da gente, compartilho mais uma vez minhas solidões lírico-musicais com a maravilhosa e singela canção “Flor”, do mais-que-fodástico músico-amigo de Niterói/RJ, Xarles Xavier (ontem teve mais uma vez o fodástico Sarau Feira Moderna e, mesmo sabendo da impossibilidade da participação deste espetacular artistamigo, sentimos falta dele – sempre presente na maioria das edições do sarau).  A canção “Flor”, como o próprio clipe e o conteúdo da letra nos informam, é um tributo singelo e super-lírico à filha do músico, a pequena, travessa e fascinante Júlia.
A letra se pauta na simplicidade sublime, com uma linguagem adequada à criança homenageada – fato que não deve ser confundido com arte simplória, afinal há uma riqueza imensa de figuras de linguagem (a metáfora “você é a flor mais linda que eu tenho no meu jardim” pra declarar logo no primeiro verso que a canção é uma homenagem a sua filha, metáfora que é repetida com leve alteração na segunda estrofe - "você é a flor mais linda que eu plantei no meu jardim" - para reafirmar/confirmar o parentesco paterno do eu lírico em relação à homenageada; a antítese sutilmente bem colocada “dia/noite”, palavras que alteram o momento e o quarto verso de cada estrofe/passagem da canção), uso de imagens grandiloquentes que reafirmam a paixão intensa pela filha (ao citar que a própria natureza e o tempo param que o eu lírico veja a filha, culminando na declaração de transformação positiva do próprio eu lírico após o surgimento da filha) e o ritmo marcado por rimas mais ricas com uso de palavras simples (o substantivo “jardim” rima com o pronome “mim”, o “amor” como substantivo rima internamente com o verbo “parou” e se relaciona com a rima do locução adverbial “pra melhor” com o verbo “chegou”, mantendo a simplicidade na colocação dos vocábulos, mas revelando rimas requintadas entre palavras de classes gramaticais diferentes). Ao nos debruçarmos na análise da melodia e da letra da canção, percebemos quão rico é o repertório de canções autorais do músico-amigo niteroiense Xarles Xavier e chegamos à conclusão que não haveria “Flor” mais bela para representar a alegria deste 12 de outubro tão especial.
Conheçamos, amigos leitores, a flor mais linda que o eu lírico de Xarles Xavier tem no seu jardim sonoro!

Flor      (Xarles Xavier) 

Você é a flor mais linda que eu tenho no meu jardim
Sou capaz de qualquer coisa só pra ver você sorrir
Não importa o que passa se você passar por mim
Nessas horas nem percebo que o dia chegou ao fim
Até a chuva parou só pra eu te ver, meu amor
Até o tempo parou só pra você, meu amor
Quando você chegou, minha vida mudou pra melhor
Quando você chegou

Você é a flor mais linda que eu plantei no meu jardim
Sou capaz de qualquer coisa só pra ver você sorrir
Não importa o que passa se você passar por mim
Nessas horas nem percebo que a noite chegou aqui
Até a chuva parou só pra eu te ver meu amor
 Até o tempo parou só pra você meu amor
Quando você chegou minha mudou pra melhor
Quando você chegou

Você é a flor mais linda que eu plantei no meu jardim...

Nenhum comentário:

Postar um comentário