segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Eleições 2016: O retorno do "bom e velho" Lex Luthor, vencedor no primeiro turno!

Pra quem está comemorando (é sério?) o resultado das eleições uma metáfora-lembrança do que eu sinto: toda vez que me deparo com os resultados das eleições de 2016, me lembro de que, na ficção dos quadrinhos, até o Lex Luthor foi eleito e aplaudido como Presidente dos Estados Unidos, apesar de o Super-homem alertar das más intenções do candidato para toda população de Metrópolis e das demais cidades do Universo DC.
Na época, Luthor já era visto pelos cidadãos dos Estados Unidos como um visionário e um benevolente empresário (detalhe: um dos passos dele foi a "reforma educacional"), adjetivos muito usados para alguns pré-eleitos às prefeituras municipais. Luthor recebeu aos olhos do público o crédito por inúmeras "boas ações", E os super-heróis seguiriam a via crúcis de se tornarem personas non gratas e até “inimigos públicos”. Foi uma época bem conturbada no Universo DC, mas o arco de histórias terminou na ficção....
... O problema é que a realidade se esqueceu de encerrar a Era de Luthor e parece eternizá-la em cada candidato eleito, seja antigo ou (mal)dito como 'novo'.
E o pior: a realidade não tem Super-homens.


Nenhum comentário:

Postar um comentário