domingo, 13 de março de 2016

Leia esta Canção: Abençoada seja a Benção de Carina Sandré e Thiago Fernandes!

Ela fez aniversário ontem e hoje traz um presente ao blog: estou falando da divartistamiga Carina Sandré, mais-que-fodástica cantora voltarredondense, grande parceira e ativista cultural. A convite dela, pude dividir o palco com ela em diversos shows – por sinal, ela é uma das poucas cantoras da região que investe nestas parcerias de shows musicais não só com música, mas também com dança e poesia; é diva e espalha amor, humildade e brilhantismo em tudo que se dispõe a fazer e, no universo cultural tão soberbo e egocêntrico da atualidade, Carina reluz como joia rara, como estrela sublime e solitária [apesar de ser flamenguista, se não me engano rs]. Na última semana (hoje, domingo, e anteontem, sexta-feira), fez, segundo artistamigos que assistiram, dois mais-que-fodásticos shows (o que não é novidade: TODO SHOW que Carina Sandré faz e/ou participa pode ser avaliado entre MAIS-QUE-FODÁSTICO, SUPER-FODÁSTICO e FODÁSTICO-PRA-CARALEEOO) no Teatro Gacemss, durante o Festival de Festival de Artes Integradas do Jornal Olho Vivo. Infelizmente, não pude estar com a divartistamiga, mas tenho certeza de que, devido às minhas ocupações do fim de semana, perdi dois hiper-fodásticos eventos.
Hoje, pra resgatar as postagens musicais do blog e abençoar esse início de semana, divido minhas solidões lírico-musicais com a mais-que-fodástica canção “Bença”, excelentíssima composição de Thiago Fernandes, divinamente interpretada pela divartistamiga Carina Sandré. Em tempo: a canção “Bença” conquistou com todos os méritos o Troféu do Prêmio Olho Vivo 2015 na Categoria Canção – yeah, os deuses da boa música aplaudem de pé essa grandiosa vitória. A letra da música “Bença” resgata elementos importantes de nossa cultura: as benzedeiras, as simpatias, as crenças, o mundo fantástico e fascinante das devoções populares. O ritmo da canção se harmoniza com a letra nesta operação de resgate, trazendo para o século XXI o tradicional e abençoado samba-canção, ritmo secular, popular e eternizado nesse mundo maravilhoso de benzedeiras, ladainhas, simpatias, mandingas, fascinação e devoção.
Abaixo, compartilho a letra e o clipe da mais-que-fodástica canção “Bença”, composta por Thiago Fernandes e interpretada pela divartistamiga Carina Sandré. Parabéns a Carina Sandré, a sua banda e a Thiago Fernandes. E obrigado pelo maravilhoso presente lírico-musical para os olhos, ouvidos, alma e coração.
Juremos, curemos e mantenhamos nossa pura devoção pela divina arte, amigos leitores!

Bença
Compositor: Thiago Fernandes
Intérprete: Carina Sandré

Ôôô…

Oh benzedeira do galhinho de arruda
Me acuda, tira toda essa minha aflição
Se é mau olhado, rebento mirrado, ovo virado
Oh rezadeira dai-me solução

E murcha galho, olha a ladainha pra Virgem Maria
Erva de beber, erva de efusão
Sai dessa porta menina
Que o mal trespassa o batente
Segura firme nesse terço então

Oh benzedeira do galhinho de arruda
Me acuda, tira toda essa minha aflição
Se é mau olhado, rebento mirrado, ovo virado
Oh rezadeira dai-me solução

E murcha galho, olha a ladainha pra Virgem Maria
Erva de beber, erva de efusão
Sai dessa porta menina
Que o mal trespassa o batente
Segura firme nesse terço então

Ramo lá no mato
Corta o mau olhado
Quebra esse quebranto
Bença, crença, densa oração

Copo d´água vela
Retira essa mazela
Afasta essa agrura
Jura, cura, pura devoção


Ô ô ô



Nenhum comentário:

Postar um comentário