quinta-feira, 2 de abril de 2015

Luz, Câmera...Alcino apresenta "Jesus 2015: A ressurreição da mais bela canção"

Festa de Páscoa na Escola Municipal Alcino Francisco da Silva, em Volta do Pião, região rural de Teresópolis/RJ, manhã de 01 de abril de 2015 – Durante as festividades da Páscoa, o Luz, Câmera... Alcino!, grupo formado pelos talentosos artistalunos da E. M. Alcino Francisco da Silva,dirigido pelo professor-poeta-pateta que vos fala, retorna aos palcos com o esquete “Jesus 2015: O retorno da mais bela canção”, uma versão moderna e lírica da história da morte e ressurreição de Cristo.
O roteiro é de autoria coletiva, baseado em fragmentos de uma peça de um grupo de teatro amador de Cuiabá/MT, somado a canções do gênero gospel e poemas da poetaluna Vânia Ribeiro Camacho, do professor-poetatleta Genaldo Lial da Silva e do poeta Sidney Alves das Virgens, de Divinópolis/MG.

Atuaram neste esquete:
Carollayny Correa – Anjo Lírico Anunciador
Richarles Mello – Apóstolo Pedro
Ana Gabriela Medeiros – Maria Madalena
Larissa Barroso – Maria Marta
Hebert Gabriel – Apóstolo João
Geovania Rodrigues – Apóstolo Thomé
Isabella Tinoco Gonçalves – Apóstolo Tomé / Apóstolo Bartolomeu
Daiana Astrogildo Vieira – Maria, Mãe de Jesus
Alessandro Moura – Jesus
Brendha Fernandes – Anjo Miguel
João Paulo de Oliveira – Anjo Lírico 2
Professor Genaldo Lial da Silva – Anjo Lírico 3
Vânia Ribeiro Camacho – Anjo Lírico 4
Participação especial de Mayara Silva com poema de sua autoria em apresentação anterior ao esquete.

O Grupo Luz, Câmera...Alcino! agradece a toda equipe da Escola Municipal Alcino Francisco da Silva, em especial às professoras Margareth e Neiva, idealizadoras do evento, por mais essa oportunidade de mostrarmos a nossa arte.
Nesta postagem, trago o vídeo e os divinos poemas da poetaluna Vânia Camacho e dos fodásticos poetamigos Mayara Silva e Genaldo Lial.

Vídeo com a apresentação do esquete "Jesus 2015: A ressurreição da mais bela canção"


Poemas de poetalunos e poetamigos incluídos na peça:

PROVA DE AMOR

Há quem diga que o amor não existe
Mas há alguém que provou o contrário
Que pela salvação daqueles que no erro insistem
Deu sua vida no calvário.

Muitos duvidaram de Jesus
Duvidaram do Seu amor
Disseram que se era pra sair daquela cruz
E provar que era mesmo o Salvador.

Mas pela nossa vitória
Ele ficou e se sacrificou.
Aí eu te pergunto:
Será que existe maior prova de amor?

Logo após a Sua morte, muito choro e dor
Mas no terceiro dia um anjo desceu da luz
Avisando a ressurreição do Salvador

Aos céus Ele subiu
Depois de comprovada a Sua glória
Esperando o Dia do Juízo Final
Para nos dar a nossa maior vitória.
Mayara Silva

PÁSCOA DE CRISTO

Com pouco, quero falar muito
O muito, porém não será tanto
Discorrerei sobre um único assunto
Falarei sobre a vida de um Homem santo

Não professarei palavras de sabedoria
Nem criarei falsas verdades
Relembrarei fatos de profecia
Ocorridos em nossa humanidade

Há dois mil anos entre nós ele viveu
Entre gestos e atitudes, ensinamentos mil
Cá, nós ainda não éramos nem mesmo o Brasil
E já o imolaram tanto que ele morreu

Homem de bondade e transcendência maior não há
A todos os seus por parábolas ensinou
Por muitas vezes antes de morrer ele falou
Conhecereis a verdade e esta vos libertará

Do seu leito de morte ressurgiu
Provando a todos o seu poder
Suas máculas de sangue alguém viu
E não restaram dúvidas para crer.
Genaldo Lial da Silva, abril de 2014.

Um sacrifício que nos trouxe o perdão

Um sacrifício que nos trouxe o perdão
Na cruz do calvário sua vida entregou
O mais nobre gesto do mais belo coração
Sua pureza que a todos salvou

Três dias depois
Do alto de sua grandeza e humildade
Ressuscitou, e a todos trouxe felicidade.
 
E até os que não acreditaram
Diante de ti se ajoelharam
Pedindo perdão.

Tu és o filho de Deus,
Tu és a canção
Que de tempos em tempos
Renova nosso coração.
Vânia Ribeiro Camacho

PÁSCOA

Por trás de tantas coisas belas
Que fazemos durante toda a vida
Talvez aquelas mais singelas
Sejam, então, mais percebidas


De tudo que podemos fazer
Em prol dos irmãos nossos
Tem a mão de Deus e seu poder
Recompensando nossos esforços

Com a doação da própria vida
Garantiu à humanidade inteira
O perdão de toda falta cometida
E fundou conosco aliança verdadeira

Seríamos ingratos ao extremo
Se não reconhecêssemos que nos amou
Agradeçamos na páscoa que vivemos
A vida eterna que nos deixou
Genaldo Lial da Silva, 25/03/15.

Nenhum comentário:

Postar um comentário