quinta-feira, 30 de abril de 2015

Clube da Esquina das Bicas e das Solidões Coletivas: A festa lírica de 3 anos do Sarau

Noite de sábado, dia 25/04/2015, na Biquinha, em Valença/RJ – O Sarau Solidões Coletivas volta à Comuna da Quinta das Bicas (quintal da casa do poeta-mestre-amigo Gilson Gabriel) para realizar o evento “COMUNA DA ESQUINA DAS BICAS: LIBERDADE E SOLIDÕES COLETIVAS AINDA QUE TARDIAS” - TRIBUTO LÍRICO AOS POETAS ÁRCADES E AO CLUBE DA ESQUINA”, em comemoração aos 3 anos do Sarau. Foi um evento mágico, fodástico, inesquecivelmente maravilhoso (o evento começou às 20h e foi até as 4 da madrugada!)!

Hoje trago ao blog os vídeos desse mais-que-fodástico evento para que os amigos leitores possam captar um pouco dessa super-energia lírica que foi a festa de aniversário de 3 anos do Sarau Solidões Coletivas na Comuna da Quinta das Bicas!


Neste primeiro vídeo, temos: Gilson Gabriel rememorando o poema, de sua autoria, feito em comemoração ao aniversário de 1 ano do Sarau Solidões Coletivas e o fodástico “Vila Rica” em homenagem a Tiradentes e todos os que são julgados como incréus, hereges, ímpios e infiéis; eu declamando “A volta de Tiradentes”, poema declamado no primeiro Sarau Solidões Coletivas; a primeira parte da mais-que-fodástica banda Broken Hearts, formada por Gabriel Carvalho, Alex Alves, Jonas Eduardo e Davi Barros, com participação de Paulo Roberto Gonçalves; a escritoramiga Gilda Maria Rachid Dias brilhando mais uma vez, Alverita declamando Manuel Bandeira e a primeira parte da apresentação da premiadíssima poetamiga Nicia Cadinelli.


Neste segundo vídeo, temos: Nicia Cadinelli com seu poema hit “Príncipe Negro” com participação do artistamigo Alan Brum; Luciana Miranda declamando o poema “Pedagogia dos Atos”, de Pedro Guerra, escrito para denunciar o Massacre dos trabalhadores sem-terra em Eldorado dos Carajás, em 1996; eu declamo meu poema “Feira de Agosto”; a segunda parte do show da banda Broken Hearts, formada por Gabriel Carvalho, Alex Alves, Jonas Eduardo e Davi Barros, com participação de Paulo Roberto Gonçalves, homenageando o deus da guitarra Jimi Hendrix; as apresentações de Patricia Corrêa, minha, de Gilson Gabriel e de Alexandre Fonseca acompanhados pelo blues rock do Broken Hearts.


Neste terceiro vídeo, temos: a “Balada de Segunda-feira”, canção fodástica da banda Broken Hearts, formada por Gabriel Carvalho, Alex Alves, Jonas Eduardo e Davi Barros; Patricia Correa brilhando mais uma vez; outro poema meu da série do ‘Clube da Esquina das Bicas’; a excelentíssima poeta-musa e declamadora Juliana Guida Maia dando vida ao meu poema em homenagem ao Clube da Esquina; Lucimauro Leite se destacando com suas interpretações de cordéis e poemas; a dupla Breno Meirelles e Luiz Guilherme Monteiro resgatando antigas canções da MPB.


Neste quarto vídeo, temos: Wagner Monteiro, acompanhado por Breno Meirelles e Luiz Guilherme Monteiro, relembrando “Que país é este?”, de Legião Urbana; Gabriel Carvalho e Luiz Guilherme fazem uma parceria musical; Nicia Cadinelli apresenta um poema para as mães, extraído de seu primeiro livro “Folhas ao Vento”; a estréia do fodástico músico-amigo Alan Brum, cantando Cazuza, Elis Regina, Raul Seixas, entre outros, agitando a galera do sarau (inspirando até o poetamigo Gilson Gabriel a apresentar-se como cantor num animado dueto com Alan, acompanhado freneticamente pelo público – agradecimentos super-especiais a Lucimauro Leite por registrar esses momentos [minha câmera havia descarregado]); Gilson Gabriel declamando poemas cotidianos e do poeta moçambicano Craverinha, inspirado pela defesa de Alverita em prol da divulgação dos poetas africanos de língua portuguesa; e eu encerrando essa parte com mais um poema de minha autoria em homenagem ao Clube da Esquina das Bicas.


Neste quinto vídeo, temos: Alexandre Fonseca apresentando um poema de sua autoria e um outro, dedicado ao Clube da Esquina, escrito por Ivan Maia; o retorno de Karina Silva, fazendo dueto comigo na declamação do poema “Comuna das Solidões Coletivas”, de sua autoria, em parceria com o seu namorado Raniere Garcia; Luana Cavalera declamando o poema árcade teen de Geovana Maria Rodrigues, poetaluna da Escola Municipal Alcino Francisco da Silva, em Teresópolis/RJ; a estréia de Claudia Andrade, defendendo o poema árcade teen “Carpe Diem”, da poetamiga teresopolitana Alana Gomes; Gilda Maria Rachid Dias declamando poema de “Romanceiro da Inconfidência”, de Cecilia Meireles; Wagner declamando uma prosa poética de minha autoria; parte do o show do Diversatividade/Coletivasom, formado pelos rappers Paulo Roberto Gonçalves “Graveto Old Style”, Marcio Paulino “Full Print” e Davi Barros “Black Roots”.
Obs.: Essa quinta parte e a próxima (a sexta e última) passa a ser formada por diversos vídeos entrecortados, pois a câmera ainda estava com a bateria fraca, precisando ser recarregada a todo momento.  


Neste sexto vídeo, temos: outra parte do o show do Diversatividade/Coletivasom, formado pelos rappers Paulo Roberto Gonçalves “Graveto Old Style”, Marcio Paulino “Full Print” e Davi Barros “Black Roots”; Patricia Correa falando sobre o Sarau Solidões Coletivas; Gilson Gabriel relembrando o primeiro Sarau Solidões Coletivas, ao resgatar o seu mais-que-fodástico “Ao caminho”; fragmentos da apresentação do Black Cult, formado por Davi Barros e Uli Barros, agitando muito a galera.
Obs.: Essa quinta parte e a próxima (a sexta e última) passa a ser formada por diversos vídeos entrecortados, pois a câmera ainda estava com a bateria fraca, precisando ser recarregada a todo momento.


Este é um vídeo extra do Sarau Solidões Coletivas na Comuna da Esquina das Bicas, composto por filmagens alternativas do fotógrafo-ativistartistamigo Lucimauro Leite feitas durante o evento “COMUNA DA ESQUINA DAS BICAS: LIBERDADE E SOLIDÕES COLETIVAS AINDA QUE TARDIAS” - TRIBUTO LÍRICO AOS POETAS ÁRCADES E AO CLUBE DA ESQUINA”, em comemoração aos 3 anos do Sarau, realizado na Comuna da Quinta das Bicas (quintal da casa do poeta-mestre-amigo Gilson Gabriel), na noite de sábado, dia 25/04/2015, na Biquinha, em Valença/RJ.
Entre os vários momentos filmados por Leite, aqui estão: o pré-Sarau, enquanto eu conversava com Gabriel Carvalho; o poema coletivo de Gilson Gabriel; a declamação de Luciana Miranda; parte da apresentação da mais-que-fodástica banda Broken Hearts, formada por Gabriel Carvalho, Alex Alves, Jonas Eduardo e Davi Barros, com participação de Paulo Roberto Gonçalves; as intervenções poéticas de Gilson Gabriel e de Alexandre Fonseca no show da banda Broken Hearts e parte do show de Alan Brum com participação especial de Gilson Gabriel como cantor (essa parte também pode ser encontrada no quarto vídeo do Sarau Solidões Coletivas na Comuna da Esquina das Bicas.


Um comentário:

  1. Realmente fodástica a festa na qual se transformou o Sarau. Comuna e Sarau das Solidões Coletivas se completam como unha e carne. Vida longa ao Sarau!

    ResponderExcluir