quinta-feira, 12 de março de 2015

Solidões Compartilhadas: O outono e o andarilho de Isabel Cristina Rodegheri Maia

Olá, amigos leitores, hoje, ainda em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, dou continuidade às solidões compartilhadas com escritoramigas. E hoje trago mais uma vez ao blog a mais-que-fodástica professora-poeta-e-múltipla-escritoramiga valenciana Isabel Cristina Rodegheri Guida, mãe dos artistas José Ricardo Maia e Juliana Guida Maia e mestre-musa na arte de produzir haicais e também dedicada e sensível proseadora-poética-mestre em microcontos.
Abaixo podemos encontrar um exemplo de cada uma dessas facetas líricas dessa fodástica escritoramiga. Caminhemos com o melancólico andarilho pelo outono lírico de Isabel Cristina Rodegheri, amigos leitores!

Haicai de outono

Ventos que sopram...                                                       
Esparramadas no chão,
Folhas que caem.



O Andarilho


                 Dormiu encolhido num canto da calçada. Acordou com o burburinho da cidade grande. O ronco e o buzinar dos carros. O ir e vir das pessoas apressadas que por ele passavam sem o notar. Sentou-se entristecido. Recolheu seus pertences. Após alguns segundos mais, levantou-se cabisbaixo e com passos lentos, recomeçou sua jornada.


Um comentário: