quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Inspirados em Renato Russo e Dorival Caymmi: O Louco Amor e a Saudade nos poemas do saudoso 9.º B do ano passado

Yeah, amigos leitores, o blogueiro que vos fala voltou ao batente – as aulas na rede municipal de ensino de Teresópolis/RJ já começaram. E nada melhor que iniciar as postagens de fevereiro, relembrando fodásticos poemas e prosas poéticas dos talentosos poetalunos que deixaram, no ano passado, marcas líricas profundas nos olhos leitores do professor-poeta-pateta que vos fala.
Os poemas e prosas poéticas que compartilho na postagem de hoje foram escritos pelos geniais escritores-alunos do 9.º B do ano passado da Escola Municipal Alcino Francisco da Silva, na região rural de Teresópolis/RJ, onde leciono. Os textos foram escritos inspirados em um projeto que realizamos um pouco antes do sarau de outubro de 2014 (cujos vídeos ainda estou devendo editar, colocar no youtube e postar também no blog): durante as aulas do ano passado, vimos características em comum entre as poéticas dos músicos Renato Russo e Dorival Caymmi (o amor incontido [“Só louco” – que chegou a ser cantado pelos dois intérpretes num encontro em um antigo programa de TV -, a presença da saudade, a praia como refúgio da saudade [“Vento no Litoral”, “Saudade de Itapoã”], etc.) e encerramos o projeto com uma atividade de produção textual, na qual eles produziam um poema ou uma prosa poética inspirados nos temas “O Louco Amor e a Saudade” presentes nas canções do baiano Caymmi e do carioca – radicado em Brasília/DF - Renato Russo. 
Nesta postagem, trago alguns dos fodásticos textos líricos produzido pelo 9.º B do ano passado (em breve, compartilharei outros, tão fodásticos quanto os postados, mas que ainda não digitei): estão aqui os poemas de Cleisson Alves da Silva, Andressa, Josué Carvalho, Márcio Ribeiro, Isadora, Maiara Viceli, Leticia Monnerat Reis, Lorraine Lopes, Ingrid Charles, João Victor, Carlos Felipe, Rayssa Carvalho Fernandes e Kamila Mello.     
Que o louco amor e a saudade tragam, neste ano, como no anterior, novos belíssimos poemas dos poetalunos da Escola Municipal Alcino Francisco da Silva!  

A saudade me sufoca

Em uma bela praia,
Em um novo dia,
Em um lugar onde a saudades me sufocam...
Saudades dos meus amigos e companheiros,
Saudades de sonhar
Que um dia essas saudades irão acabar.

Que a onda leve as saudades!
(Cleisson Alves da Silva – Projeto O Louco Amor e a Saudade nas canções de Caymmi e de Renato Russo)

Complicado

A vida nossa é complicada, tanto que às vezes não sabemos o que fazer, ah, o amor é difícil de entender.
Quando amamos uma pessoa é muito bom, parece que estamos no paraíso. Mas quando somos rejeitadas, dói muito, a felicidade vai embora, fico muito triste.
Não sei mais o que fazer da minha vida; pra mim tudo acabou, não existe mais amor.
(Andressa – Projeto O Louco Amor e a Saudade nas canções de Caymmi e de Renato Russo)

Literalmente

Tudo começou
Literalmente:
uma garota diferente,
uma menina espetacular
pela qual resolvi me apaixonar.

Foi em Mar de Espanha
que ela entrou em minha mente:
 a uma garota diferente
o meu coração vou entregar.

Menina espetacular,
essa eu estou disposto a namorar!
(Josué Carvalho – Projeto O Louco Amor e a Saudade nas canções de Caymmi e de Renato Russo)

Lembranças à beira mar

            Chegou a hora dessa louca viagem, não sei o que vou encontrar, nem sei se vou ficar bem, porque esse lugar pra onde vou só me faz lembrar do meu passado. Não sei se isso é bom ou ruim pra mim, então vou arrumar minhas coisas, chegar bem cedinho na praia e contemplar o mar.
A noite escura sem nenhuma estrela no céu me fez lembrar das noites que nós passávamos dentro do carro fazendo planos. Esse lugar me traz lembranças tuas. Cheguei aqui e comecei a chorar, porque o vento trouxe o teu cheiro no ar – como posso ainda te amar?
Esse foi o lugar onde tudo começou, me lembro de tudo como se fosse hoje: eu sentado no mesmo lugar onde estou agora, tu chegaste e me conquistaste; no primeiro toque, já me apaixonei por ti.
Agora a areia da praia me faz lembrar das nossas brincadeiras, a água me lembra o nosso beijo salgado pela água do mar. E, quanto mais eu lembro, mais eu choro por ter te perdido num acidente trágico. Mas a vida é assim: traz as pessoas pra gente e, quando menos se espera, as leva pra nunca mais voltar.
Mesmo sabendo que não voltas, jurei pra mim que sempre vou te amar!
(Márcio Ribeiro – Projeto O Louco Amor e a Saudade nas canções de Caymmi e de Renato Russo)

No olhar

No seu olhar, eu me encontro.
No meu olhar, você se encontra.
E, com muita saudade, no meu rosto começa a rolar
Aquela lágrima que não queria cair.

De repente, você foi chegando mais perto,
Aquele olhar foi ficando mais sério,
Com o gosto do mais doce amor.
Muitos beijos e abraços,
Mas de repente tudo se acabou
E, ontem, o que era paixão,
Hoje fica tudo no olhar da saudade.
(Isadora – Projeto O Louco Amor e a Saudade nas canções de Caymmi e de Renato Russo)

Saudade toda hora

Saudade eu tenho toda hora
Não consigo te esquecer.
Meu amor por você
Era tão forte
Que qualquer garoto lembra você.

Por que isso?
Por que tanto sofrimento?
O nosso amor estava fluindo
Mas, por causa da traição,
Acabei desistindo.
(Maiara Viceli – Projeto O Louco Amor e a Saudade nas canções de Caymmi e de Renato Russo)

Saudade de você

Ah, tanta saudade que eu tenho de você, não consigo nem mesmo parar de pensar em você...
Estou indo para a praia na excursão da escola e não consigo parar de pensar em você.
Este tempo nublado, esse frio, me deparo com o mar... Seria tão bom ficar com você nesse tempo; é uma pena que não estamos juntos. O que eu mais quero agora é reencontrar você.
Procuro um lugar onde posso ficar pensando em você e, enquanto ando de cabeça baixa, sinto um cheiro que parece seu perfume... Levanto a cabeça e vejo você, saio correndo ao seu encontro e você ao meu.
Não quero largar você nenhum minuto. Escuridão, ilusão... era tudo apenas um sonho.
(Leticia Monnerat Reis – Projeto O Louco Amor e a Saudade nas canções de Caymmi e de Renato Russo)

Deitada no meu escuro

Que saudade de você,
de te abraçar, te beijar.
Às vezes, deito no meu escuro,
Lembro de você, das risadas, dos sonhos,
Das brincadeiras, ai, que saudade!
Vejo nossas fotos, a lágrima desce,
que vontade de voltar no tempo
e fazer tudo o que não fiz antes.
Saudades eu tenho toda hora:
é você na minha memória...
(Lorraine Lopes – Projeto O Louco Amor e a Saudade nas canções de Caymmi e de Renato Russo)

As saudades que o meu peito invadem

Essa dor chamada saudade,
Ela me maltrata.
Quando penso que tudo passou,
Ela me mostra que só começou.

Saudade é amar, é gostar!
É como se faltasse um tanto de mim,
Tanto que, quando eu falo, não consigo conter
Minhas lágrimas.

Essas saudades que o meu peito invadem
Só me fazem chorar e querer desistir de tudo.
Eu sinto saudades da sua voz, do seu jeito,
Eu vejo que já não tem mais jeito,
Essas saudades invadem o meu peito.
(Ingrid Charles – Projeto O Louco Amor e a Saudade nas canções de Caymmi e de Renato Russo)

Saudades de Juazeiro

Juazeiro, terra do axé, terra do meu coração.
Juazeiro, por que minha mãe tirou você de mim?

Tirou você de mim por outra cidade,
Troquei minha cidade por uma casa na zona rural
Dessa outra cidade.
Tirou meus amigos, mas também trouxe coisas boas,
Aqui aprendi coisas novas
E conheci novas pessoas.

Mas aqui o tempo passa como água...
Mesmo que eu viva a favor do tempo,
Mesmo sabendo que perder tempo é desperdiçar vida
E correr contra o tempo é maltratar o coração,
De uma coisa eu não me esqueço:
É de você, Juazeiro, terra do axé, terra do meu coração.
(João Victor – Projeto O Louco Amor e a Saudade nas canções de Caymmi e de Renato Russo)

Saudade falsa

Numa viagem que seguirá seu destino,
Um pensamento longe vem surgindo,
Não sei dizer se é bom ou ruim,
Mas vem forte em minha direção.

Quando olho meu reflexo na janela,
Atrás dela as coisas vem passando depressa
E um vulto se embaça a 100 km
Cada vez mais longe do meu alcance.

Em um piscar de olhos, vejo meu pensamento buscar
Uma lembrança de você, de você ao meu lado.
Estendo minha mão, mas só encontro o vazio,
Olho pro lado, não a vejo, fico em desespero.

Cadê você, onde está meu amor?
Digo alto ao meu pensamento.
“Estou aqui”, ela ao meu lado me diz
E assim acordo com um sorriso no rosto.

E sentindo-a ao meu lado,
Digo a mim mesmo:
Pesadelo bobo, minha vida é feliz
(Carlos Felipe – Projeto O Louco Amor e a Saudade nas canções de Caymmi e de Renato Russo)

A saudade

Quando bate a saudade,
é difícil segurar a emoção
diante das lembranças – tanto as que nos fizeram bem
quanto a que nos fizeram chorar.

Vontade de voltar no tempo
e alguma coisa mudar,
refazer as escolhas erradas
e colocar tudo no devido lugar.

A saudade machuca,
a saudade corrói,
a saudade traz arrependimento,
a saudade traz lamentos...

Mas, no final disso tudo,
vemos que a saudade
é a mais pura prova
de que o passado valeu a pena.
(Rayssa Carvalho Fernandes– Projeto O Louco Amor e a Saudade nas canções de Caymmi e de Renato Russo)

Saudade

Saudade é lembrar o abraço
Saudade é lembrar o carinho
Saudade é lembrar o beijo
Saudade é lembrar o amor
Saudade é lembrar e não cansar
Saudade é relembrar
E cada dia mais amar
Sentir toda a sua força renovar
E cada dia mais se apaixonar.
Mesmo quando pareça entardecer,
Saudade é jamais esquecer

(Kamila Mello – Projeto O Louco Amor e a Saudade nas canções de Caymmi e de Renato Russo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário