domingo, 27 de julho de 2014

Solidões Compartilhadas: Os domingos com tom de blues de Carlos Orfeu

Todo dia é dia de poesia, de todo tipo de poesia, mas esses domingos assim meio nublados, liricamente melancólicos, me lembram um poema em particular: o fodástico " Há nos domingos um certo tom de blues" (é o primeiro verso do poema; na verdade, essa obra-prima não possui título) do mais-que-fodástico artistamigo Carlos Orfeu, nascido em São Gonçalo/RJ e atualmente residindo em Queimados/RJ.
Carlos Orfeu é um poetamigo conhecido do blog, pois várias vezes publiquei parcerias poéticas nossas e fodásticos poemas de sua autoria. Hoje, mais uma vez compartilhando minhas solidões poéticas com o poetamigo, tenho o prazer de oferecer aos amigos leitores uma nova visão, com notas líricas da poética blues de Carlos Orfeu, para aqueles domingos aparentemente vazios e estranhamente tristes.
Bom Domingo Blues e Arte Sempre, amigos leitores!

Há nos domingos um certo tom de blues
uma sensação crônica de Nada
uma preguiçosa e enovelada tristeza
de pensar profundidades tão fatais
que quando decidimos sair de nós

voltamos com os olhos ainda empoçados
de outros incuráveis domingos.
Carlos Orfeu


Nenhum comentário:

Postar um comentário