terça-feira, 15 de julho de 2014

Cem Poemetos de Solidão: Poemeto LXXX

LXXX

Só aceitei o diagnóstico de demência senil pra poder declarar-me filho de uma pátria que não me pariu, sem ter que enfrentar nenhum fuzil de elogios, nem balbucios dos colombianos convictos. A invalidez declarada permite a solidez de minha insensatez inventada.


Nenhum comentário:

Postar um comentário