sábado, 28 de junho de 2014

Cem Poemetos de Solidão: Poemeto LXVI

LXVI

Colômbia não é pátria de ninguém, doutor alguém. Colômbia nega paternidades, seus filhos vivem na orfandade. Sou pai de minha pátria. Minha pátria é Macondo.


Um comentário: