sexta-feira, 20 de junho de 2014

Cem Poemetos de Solidão: Poemeto LVIII

LVIII

Essa dor no peito? É um universo imperfeito, uma escrita ruim. Ai de mim, preciso aprender a me reconstruir!


Nenhum comentário:

Postar um comentário