quarta-feira, 28 de maio de 2014

Cem Poemetos de Solidão: Poemeto XXXVIII

XXXVIII

Bem-aventurados são os homens que inventam as suas esperanças. Enquanto o sol queima a Colômbia com raios tristes de esquecimento e desesperança, minha Macondo imaginária festeja a reconquista das suas lembranças.


Nenhum comentário:

Postar um comentário