sábado, 10 de maio de 2014

Cem Poemetos de Solidão: Poemeto XX

XX

Sherazade brigou comigo ontem. Ah, impotência cruel! Como posso manter minha caneta ereta com essa ruga no cérebro, essa falta de criatividade? Sai daqui, excesso de realidade! Volta pra mim, doce Sherazade...


Nenhum comentário:

Postar um comentário