segunda-feira, 5 de maio de 2014

Cem Poemetos de Solidão: Poemeto XV

XV


Mamãe nunca me explicou como eu menino pude inventar a solidão no meio da confusão de meus dez irmãos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário