domingo, 27 de abril de 2014

Cem Poemetos de Solidão: Poemeto VII

VII


Jamais falo sozinho, meu amigo! Lamento se você é incapaz de conversar com o meu amigo, o Invisível.


Nenhum comentário:

Postar um comentário