sábado, 9 de novembro de 2013

Poemas Insones: Suplício de Lazer

Retorno de madrugada ao blog, o meu estar insone longe de salas de stars e estares, a tevê fora do ar, toda minha ironia suplicando versos, me vem o nome da banda de trash metal Supllicio, de Angra dos Reis/RJ, com quem o Sarau Solidões Coletivas, do qual faço parte, dividirá o palco hoje, dia 09/11, às 22h, no evento Coletiva Som 2, no Mr. Night, em Valença/RJ. 
Revejo os significados da palavra suplício: “dura punição corporal, imposta por sentença”; repenso por que odeio tanto o poder da tevê, ah, minha ironia doida pra beijar o meu lirismo. Saiu esse poema inédito satírico, homenagem ao modo underground de questionar padrões sociais convencionais, tributo ao tom crítico de muitas letras autorais e covers tocados pela banda Supllicio, mais uma vez cedo minhas noites em branco ao mais negro humor, estranho prazer, quase um martírio lírico de rir pra não chorar, de construir desconstruindo.
Estou de volta, amigos leitores, com o suplício prazeroso da escrita mordaz!

Suplício de lazer

Ligo a televisão e ela captura minha vista.
Então vem você, musa da programação, rede vida,
A garota de programa mais querida e mais bonita,
E, mesmo morto pela lida de todos os dias,
Revivo em imbecilidade e dou pulos de alegria
Diante de sua beldade, de sua presença descabida.
Na tela de tevê plasma LCD comprada nas Casas Bahia,
Provo o popular LSD, solitário em minha orgia.
Ah. masturbação de imagens pra suportar a dura rotina,
Fazenda, Flash, BBB, a minha miséria nunca foi tão rica,
Pânico pra valer, sempre mais você, meiguice e ousadia,
Todo meu lixo a crescer, já comprei de você mil mercadorias,
Um empréstimo a fazer, mais outra prestação vencida
Pobre até morrer, me enriqueço de ilusões vadias,
Suplício de lazer, pra esquecer toda minha agonia,
Eu como pra viver, eu sofro com prazer, sempre ligado na sua telinha,
Até quando eu sobreviver – ah, bom dia e cia!
Até quando você aparecer – mais uma de minhas muitas musas cretinas!
Até quando durar a tevê – ah, ela me respira!
Até não mais me reconhecer – até breve, até outro dia!

E para o amigo leitor curtir, aí vai alguns vídeos da banda Supllício, que se apresentará no Coletiva Som 2, amanhã, dia 09/11, no Mr. Night, em Valença/RJ 9 o evento começará às 22h e seguirá durante toda a madrugada):




Nenhum comentário:

Postar um comentário