domingo, 25 de agosto de 2013

Microcontos kafkianos premiados: A metamorfose de Antonio

Tudo começou quando me deparei com uma discussão entre amigos do facebook sobre o valor musical de um funk que versa “Pisa na barata / Pega a galinha / Foge do mosquito” (era algo assim; lamento se errei a complexa letra). Como não tenho nada contra ou a favor da música citada, o que senti mesmo foi pena da coitada da barata que é pisoteada durante toda a canção; me lembrei do personagem Gregor Samsa, de Kafka, metamorfoseado em barata, correndo dos furiosos pisoteadores de baratas. Foi assim que saiu o microconto “A metamorfose de Antonio”. E quem diria: o microconto foi premiado com a publicação na coletânea de classificados do 3.º Concurso de Microcontos de Humor de Piracicaba/SP.
Como não posso dar um livrinho a cada amigo leitor, posto aqui no blog o microconto, premiado com as graças da barata de Kafka:

A metamorfose de Antônio

Viu a barata dançando pela sala e nada fez.
Nunca mais pisaria em uma companheira depois de ler Kafka.

Um comentário:

  1. Coitada da pobre!!!rsrs no fundo somos baratas,ratos e minhocas!!!somos companheiros...
    abç Carlos!!

    ResponderExcluir