sábado, 30 de março de 2013

Eu queria muito ter um coração frio, mas com show da Carina Sandré é impossível!


SESC Barra Mansa/RJ, 23 de março de 2013 - Carina Sandré e sua banda fazem um show inspiradíssimo. Representando o Sarau Solidões Coletivas, de Valença/RJ, declamei o poema inédito "Eu queria muito ter um coração frio", em homenagem à cantora Carina Sandré, que já passou por maus bocados por causa de falsos amigos:

Eu queria muito ter um coração frio
(Canção do amigo traído)

Eu queria muito ter um coração frio
Como o labirinto profundo deste imenso rio
Que, mesmo sujo e ferido, corre tranquilo.
Sem fúrias, nem mágoas, apesar dos homens,
O rio segue seu caminho...

Eu queria muito ter um coração frio,
Não olhar para o rio sujo com meus olhos aflitos,
Nem procurar, nessas águas turvas, os meus vestígios
Depois que me feriste com tua lábia de lobo e disfarce de amigo.
Eu queria muito ser como esse rio tranquilo
Que segue seu caminho apesar dos perigos...

Eu queria muito ter um coração frio
Pra não me queimar em dor pelos teus gestos assassinos.
Eu queria muito ter o teu coração frio, ex-amigo,
Pra não me amanhecer em luto depois que me deste um tiro.

O vídeo abaixo registra grandes momentos do show e a minha participação no evento:


Um comentário: