domingo, 24 de março de 2013

Demorou, mas saíram: Os vídeos do Sarau Solidões Coletivas Especial da Mulher!


Cantina Água na Boca, Valença/RJ, 09 de março de 2013 - A convite de Alessandra Ielpo, dona da Cantina Água na Boca, o Sarau Solidões Coletivas In Bar fez uma homenagem a todas as mulheres do mundo com um evento em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. O sarau especial teve o nome de “De Safo a Mulher ao Seu Lado – Tributo a todas as mulheres do mundo”.


Neste primeiro vídeo, vemos as Ave-Marias de Gilson Gabriel; Juliana Guida Maia declamando "Pagu", de Rita Lee; Patrícia Correa declamando poema de seu aluno; Lucimauro Leite fazendo sua homenagem às mulheres; Carlos Brunno declamando o "Pleonasmo do amor", de Suelen Cristina; Raquel Leal declamando Chico Buarque de Holanda e o show Gabriel Carvalho e Emanuel Coelho, cantando Kid Abelha, Paralamas do Sucesso, Frejat e músicas próprias.


Neste segundo vídeo, vemos a estreia do poetamigo Rogério Silva no sarau; Rabib Floriano mandando mais um fodástico poema; a prosa poética de Cíbila Farani; o stand up comedy de Ronaldinho Brechane (segundo ele, "homenageando as mulheres"); Cíbila Farani declamando poema de Alexandre Fonseca com o acompanhamento blues de Zé Ricardo Maia; Juliana Guida Maia declamando poema de eu lírico feminino de Carlos Brunno; Carlos Brunno declamando poema da ex-aluna Larissa Souza, poeta-autora do blog "Minha vida"; a ode de Patrícia Correa; Chico Lima declamando poema feminista de Mauriat.


Neste terceiro vídeo, demos um intervalo no tema Mulher e, devido à trágica morte de Chorão ocorrida durante a semana de preparação do evento, o Charlie Brown Jr. invadiu o sarau. Carlos Brunno declamou um poema inédito seu em homenagem a Chorão (uma paráfrase – uma versão séria inspirada em outra obra mais conhecida – da canção “Proibida pra mim”, música logo após interpretada por Zé Ricardo. Vários sucessos da banda Charlie Brown Jr. foram tocadas numa jam realizada no calor do momento entre Zé Ricardo, Fred Ielpo, Cíbila Farani e Paulinho Roberto; uma homenagem lírico-musical emocionante à banda que foi liderada pelo cantor Chorão.


Neste quarto vídeo, vemos Luana Cavalera declamando poemas de Karina Silva e de Ingrid Schuenck; Carlos Brunno declamando "Eu vi um poema de Bukowski" acompanhado no violão de Karina Silva; o poema de Janaína da Cunha declamado por Carlos Brunno e Karina Silva; Raquel Leal declamando acompanhada pelo violão de Karina Silva; o tributo a Amy Winehouse feito por Gilson Gabriel, Carlos Brunno e Zé Ricardo Maia; Carlos Brunno declamando prosa poética de Diana Paim; Raquel Leal declamando o poema "Ressurjo", de Carlos Brunno, acompanhada do violão de José Ricardo; Cíbila Farani declamando poema de Aquiles Peleios; Carlos Brunno declamando "Polaroid", de Fito Paez, em versão de Nenhum de Nós; Juliana Guida Maia declamando poema próprio; Patrícia Correa; Carlos Brunno declamando poemas de Cíbila Farani e de Flávia Vargens; Juliana Guida Maia interpretando haicais de sua mãe Isabel Cristina Rodegheri; Cíbila Farani declamando poemas de poetas homens com eu lírico feminino.


Nesta quinta parte, temos Patrícia Correa declamando poemas próprios e canção de Oswaldo Montenegro; Rogério Silva; Juliana Guida Maia declamando poema de eu lírico feminino de Carlos Brunno; Raquel Leal declamando poema de Alana Gomes; Paulinho Roberto Gonçalves mandando um rap acompanhado pelo violão de Zé Ricardo; Lucimauro Leite declamando poemas de José Oiticica; Cíbila Farani e Fred Ielpo interpretando a canção "Tempo perdido", de Legião Urbana, e encerrando com muitos aplausos esse sarau especial.   


Nenhum comentário:

Postar um comentário