domingo, 13 de janeiro de 2013

Solidões compartilhadas in memoriam: Adriano Gonçalves viajando com as asas da imaginação


Hoje compartilho mais uma vez minhas solidões poéticas com mais duas composições do artistamigo Adriano Gonçalves, em parceria com Cascão. As duas canções marcam o retorno da banda de reggae Dezabutinados, da qual Adriano fez parte e que havia ficado um tempo inativa.
Marcam também a fase em que Adriano morou em Rio das Ostras/RJ, em 2011, em contato com a praia e resgatando seu estilo preferido: o reggae (no conteúdo das letras podemos perceber também um resquício do gospel, que marcou o início de sua carreira musical). Os vídeos foram produzidos pelo 'Charada Andrade' e valem como registros das músicas e imagens de Adriano.
É momento de viajarmos com as asas da imaginação de forma humilde, pra chegarmos em algum lugar.  

Receptar

A gente sempre tá aê
A gente sempre tá aê
A gente sempre tá aê

Aprenda a viajar, hey,
Com as asas da sua imaginação,
Através do universo, hey,
Desembarcando numa outra dimensão
Onde o ódio e o amor se fundem em tons
Que emanam a melodia que emana a luz
Onde a paz e a guerra são sementes, terra
Que brotará no jardim celestial

A gente sempre tá aê
A gente sempre tá aê
A gente sempre tá aê



Humilde

Ié Ié
Pra poder chegar em algum lugar
É preciso um esforço mental
Chegar do lado só para imitar
Tente ser mais natural
Não é difícil, é só improvisar
Independente de ser bicho ou normal
Chega disso, não jogue pelo azar
A vida é curta, tente aproveitar

Ié Ié Ié
Ié Ié Ié ééé

Mas quanto mais vou tentando te explicar
Você finge não prestar atenção
Não adianta chegar e dichavar
Faça tudo com mais empolgação
E o sistema na memória sem falhar
No computador é mole, meu irmão,
Crie dentro da sua cabeça
Altos mares fluirão!

Ié Ié Ié

Humilde
Seja mais humilde com você
Humilde
Seja mais humilde no olhar
Humilde
Seja mais humilde pra vencer
É simples pra poder chegar
Em algum lugar

Ié Ié Ié
Ié Ié
Com você...


Nenhum comentário:

Postar um comentário