terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Sarau Solidões Coletivas In Bar 10: Os sobreviventes do fim do mundo (agora em vídeo)


Após alguma demora (foi mal, amigos leitores, mas acabei tirando um pouco de férias nesse janeiro e, confesso, tenho sido um pouco relapso nos últimos tempos; agora que já me foi decretado o fim do ócio, volto meio preguiçosamente a ser realmente um “diários” rs), finalmente posto os vídeos do último Sarau Solidões Coletivas In Bar, realizado no dia 19 de janeiro de 2013, no Bar e Restaurante Cantinho do Churrasco, no Bairro de Fátima, em Valença/RJ. Nessa edição, homenageamos o poeta chileno Pablo Neruda, o mito roqueiro baiano Raul Seixas e o artistamigo Adriano Gonçalves, falecido há pouco tempo (e que continuará sendo lembrado pelos músicos da região e pelo blog “Diários de Solidões Coletivas”). Durante o evento, ocorreu, naturalmente, homenagens incidentais a outros grandes artistas, como o poeta Manoel de Barros, a lenda do rock Cazuza e a fodástica e saudosa Legião Urbana. Chegamos a mais uma edição, cada vez mais consistentes, mais intensos e mais coletivos, como vocês podem ver nos vídeos postados:

Esta é a primeira parte do evento. No vídeo acima, vemos Carlos Brunno declamando poemas próprios e letras de música de Raul Seixas e Adriano Gonçalves, Zé Ricardo e Fael relembrando grandes canções de Adriano; Ronaldo Brechane fazendo sua apresentação de stand-up comedy de início de ano.

Esta é a segunda parte do evento. No vídeo acima, vemos Juliana Guida Maia declamando Renato Russo, Carlos Brunno S. Barbosa declamando poemas próprios em homenagem a amigos e a Raul Seixas, acompanhado de Karina Silva no violão; o dueto entre Carlos Brunno e Luana Cavalera; o poema de Karina Silva em homenagem a Adriano Gonçalves; o instrumental batizado de 'Esboço' por Patrick Styvanin; Zé Ricardo homenageando mais uma vez musicalmente Adriano Gonçalves; a parceria entre Cíbila Farani e Raquel Leal; e a "Verde desesperança", de Patrícia Correa em homenagem ao Dri.

 Esta é a terceira parte do evento. No vídeo acima, vemos Wagner Monteiro declamando poemas de sua autoria e do chileno Pablo Neruda; Carlos Brunno S. Barbosa e "Apenas uma canção desesperada"; Gilson Gabriel com mais um fodástico poema; Cíbila Farani declamando Neruda; Juliana Guida Maia homenageando Raul Seixas; Carlos Brunno homenageando Manoel de Barros; novos poemas de Wagner Monteiro; o poema raul seixista de Alexandre Fonseca; Carlos Brunno declamando poema de Helio, o Artista sem Pena, de São Paulo/SP; homenagem do trio Cíbila Farani, Raquel Leal e Rabib Jahara a Neruda; o poema do poetaluno Guilherme Borges da E. M. Alcino Francisco da Silva, Teresópolis/RJ, declamado por Carlos Brunno S. Barbosa; a primeira parte do show de Xarles Xavier, de São Gonçalo, acompanhado por Rafael A., criador do Feira Moderna Zine, de Niterói/RJ.

Esta é a quarta parte do evento. No vídeo acima, vemos a segunda parte do show de Xarles Xavier, de São Gonçalo, acompanhado por Rafael A., criador do Feira Moderna Zine, de Niterói/RJ; Carlos Brunno S. Barbosa declamando a crônica "Metamorfose Ambulante" de Rafael Silva Barbosa; o show de Gilson Gabriel declamando "Metamorfose", de sua autoria, acompanhado por Zé Ricardo Maia no violão.

Esta é a quinta parte do evento. No vídeo acima, vemos Carlos Brunno S. Barbosa declamando Raul Seixas acompanhado pelo violão de Zé Ricardo; o retorno de Chico Lima declamando poema de Gilson Gabriel; o poema "Notas da criação" de Gabriel Carvalho declamado por Carlos Brunno; outro dueto de Raquel Leal e Cíbila Farani; Isabel Rodegheri declamando poema em homenagem a Adriano Gonçalves; a estreia de Bruno Couto, declamando poema próprio, acompanhado pelo violão de Eddie Mendonça; um novo poema de Wagner Monteiro; Cíbila Farani nos explica poeticamente como nascem os planetas; a estreia de Iran declamando Drummond; o poema pink-floydiano de Carlos Brunno acompanhado pelo Black Cult (Davi Barros e Eddie Mendonça nos violões mandando "Wish you where here"); a primeira parte da estreia de Fred Ielpo, declamando poema próprio e tocando "Tempo perdido", da Legião Urbana, para alegria do público!

Esta é a sexta parte do evento. Neste vídeo, vemos Fred Ielpo,em parceria com Wagner Monteiro, com participação especial do fodástico saxofonista João Paulo Moreira; Juliana Guida Maia declamando poema de sua autoria em homenagem a Adriano Gonçalves; Zé Ricardo interpretando mais um hit de Adriano Gonçalves e a participação mais que especial do rapper Paulinho Gonçalves.



2 comentários:

  1. Obrigado por ter declamado "Aumentando as emoções",
    apesar de que eu não desejo pra ninguém declarar esse quebra-língua absurdo, mas que você carinhosamente chamou de 'festival de neologismos'!
    Obrigado novamente!

    ResponderExcluir
  2. Olá meu amigo blogueiro, belo post!

    Convido você a enviar links para o toaky.net
    um ótimo agregador de conteúdo, aceita seus links todos os dias e tem uma boa visualização

    acesse já: http://toaky.net

    ResponderExcluir