sexta-feira, 20 de julho de 2012

O amor nos dias frios: Inverno na alma


Esse acrílico do português Bruno Braddell
resume bem a sensação de inverno
na alma (conheça mais quadro dele em:
http://desenhoaguarela.blogspot.com.br)

Inverno, dias frios, necessidade de mais calor humano... Hoje posto um poema hibernado, escrito naqueles dias em que olhamos solitários o ambiente frio e estático, acendemos um cigarro e pensamos na pessoa amada e na neve que sua ausência nos traz...









Inverno na alma

É essa nicotina que me inebria...

Frio...
Vejo a natureza serena,
a esperança congelada,
o céu nublado,
o inverno na alma...

Cada vez mais frio...
Fecho meus olhos
e esse vento sereno
sopra saudades insanas...

É essa nicotina em ti
que me inebria,
é essa neblina sem ti
que congela minha alma,
é esse inferno gelado
que me desespera com calma,
é essa nicotina em ti
que me faz tanta falta!

Nenhum comentário:

Postar um comentário