sábado, 16 de junho de 2012

Um jeito Delta Mood de ser (Ou um blues a me sorrir)


Ontem, a noite, no Pesqueiro do Vitinho, marcou o retorno da lendária banda valenciana de blues Delta Mood aos palcos de Valença. Cheio de participações especiais (a banda tocou com quatro guitarristas!), o blues ontem sorriu para quem os assistiu, Em homenagem a isso, aí vai minha ode ao raro blues que a banda Delta Mood trouxe aos meus ouvidos:

Um jeito Delta Mood de ser 
(Ou um blues a sorrir)

De quantas guitarras eu preciso
para fazer meu coração triste feliz?
Segundo a banda de blues de minha cidade
que ontem ouvi,
preciso de quatro guitarras sublimes
pra triste felicidade retornar em mim.
E, assim, ontem o blues sorriu pra mim;
E, assim, o que é triste agora me sorri!

Hey, garota, pare de chorar!
Ligue o som: um blues bem tocado
é melhor que olhos marejados
numa praia sem mar.
As lágrimas ficam mais felizes
quando há várias guitarras a solar
a dor inevitável que nos faz par.

Então imagine, garota dor que me insiste,
quatro guitarras em riste
te sorrindo em acordes tristes.
Hey, menina dor que resiste, não há motivos infelizes,
depois que as guitarras, felizes,começam a chorar!

2 comentários:

  1. As guitarras não marejam tristeza, mas os olhos do guitarrista , sim.
    Muito lindo, prof.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Carlos Brunno! Muito bonito! Uma verdadeira letra de blues.

    ResponderExcluir