sexta-feira, 22 de junho de 2012

Solidões Compartilhadas: Ingrid Schuenck nos diz o que é triste ouvir

Hoje compartilho minhas solidões com mais uma talentosa escritora da E. M. Alcino Francisco da Silva, a poeta ultrarromântica Ingrid Schuenck Xavier. Aluna do 9.º ano, Ingrid optou pela escrita poética para exorcizar o inferno de amar e não ser correspondida. 

Inspirada em "Someone like you", música da cantora britânica Adele, trabalhada na sala de aula pelo professor poeta pateta que vos fala, Ingrid nos revela as tristezas e esperança de quem ama e não é correspondida:




É triste ouvir
que a pessoa que você ama
encontrou um alguém
para estar ao lado dela
longe de você...
Ao seu lado, uma garota
que teve a oportunidade de fazer
o que eu não fiz.

Prefiro me esconder do mundo;
a timidez não deixa eu olhar mais para você
(Mesmo assim, tenho esperança
de que você volte pra mim...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário