quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Solidões compartilhadas: "Antes só", de João Júnior


Hoje quem compartilha suas solidões conosco é João Júnior, poeta, compositor e vocalista da banda de rock valenciana Black Bullets, “aproveitando uma fase de muita inspiração”. Reparem no fantástico jogo de palavras e de pontuação desse artista de talento incomparável, gerando significados (e 'contrassignificados') múltiplos ao conhecido ditado “Antes só do que mal acompanhado”:

Antes só

Antes sol do que mal anoitecido
Uma noite que cai e traz nas costas
Uma manhã sem cor no meu deserto
Como num sonho em preto e branco
Onde chova e faça sol simultaneamente
Um arco-íris sempre em tons de cinza

Antes sóbrio do que mal embriagado
Litros de tristeza a preço parco
Que facilmente, viciosamente,
Se encontram em qualquer esquina

Antes pó do que mal inventado
Quando invenções não preenchem o vazio
E o vazio se faz a própria invenção
A engrenagem que maquina
A ilusão

Antes, só o mal vinha acompanhado
De lágrimas de mãos dadas
Mãos que pareciam atadas
algemas trancadas por aqueles que te isolaram

mas antes mal, do que só acompanhado
de hipócritas que se julgam certos por serem maioria
quando se vê a dignidade andando solitária
não fazendo questão de acompanhar nenhum deles

só antes do mal acompanhado
percebe-se o quão ruim é estar sozinho
e se me dizes:
Antes só do que mal acompanhado
Pergunto:
Há pior companhia do que a solidão?

Nenhum comentário:

Postar um comentário