sábado, 6 de agosto de 2011

Sublimes citações

Nessas época de programas como “A Fazenda” e nessa busca desenfreada pelo escândalo e besteirol, tem muita gente boa, com sacadas geniais, que é completamente esquecida pelos leitores e curiosos de plantão. Destaco nessa coluna algumas postagens que valem a pena ser lidas, relidas, pensadas e repensadas:

"Escrever crônicas e desenvolver meu projeto literário nos intervalos entre os atendimentos do plantão é assim: Tem dias que é tão bom quanto uma barra de chocolate meio amargo, ou tão dolorido quanto a arranhadura de um coelho! O importante no final é fazer um bom trabalho e não se deixar abater pela distância da pessoa amada!"
(de Flávio S. Nunes, via Facebook)

“Me incomoda essa aura de deja vu que paira na minha vida - ok, não é a melhor palavra, mas vamos lá. Nos mínimos e máximos detalhes. Nas menores conversas. Nas pessoas. A sensação de que eu já sei o que o outro vai dizer. Que eu conheço. Que eu sei o que vai acontecer. O que é ridículo. Porque as pessoas estão sempre nos surpreendendo. Mas eu tenho essa sensação desde. Sempre.”
(Lainha Rosendo Loiola, via Facebook)

“Não alugueis e não serás alugado (leonardus, 17:11)”
(mencionado por Leo Jaime, via Twitter)

Nenhum comentário:

Postar um comentário